União de Freguesias de Parreira e Chouto União de Freguesias de Parreira e Chouto

Notícias

 Seminário MONTADO, COMUNIDADE E ARTE

Seminário MONTADO, COMUNIDADE E ARTE

28-JAN-2023

Divulgação Seminário MONTADO, COMUNIDADE E ARTE Dia 28 Janeiro 2023 - Observatório da Charneca, no âmbito do Projeto 'ART3C - Clima, Comunidade Comunicação, Montado como paisagem’

Ler mais...
Normas de participação no Festival do Cogumelo da Parreira 2023

Normas de participação no Festival do Cogumelo da Parreira 2023

27-JAN-2023

As inscrições estão abertas até 17 de fevereiro. As fichas de inscrição devem ser remetidas ao Município, através do email geral@cm-chamusca.pt, ou entregue em mão no Balcão Único do Município da Chamusca ou no Balcão do Município na União de Freguesias de Parreira e Chouto.Todas as normas de participação e documentos necessários para inscrição disponíveis para consulta:Ficha de Inscrição e Normas de Participação FCP'23

Ler mais...
Junta na Freguesia - Campanha "EU RECICLO"

Junta na Freguesia - Campanha "EU RECICLO"

26-DEZ-2022

"Com o aumento do consumo desenfreado de produtos, o seu ciclo de vida é cada vez menor, aumentando o volume de resíduos gerados e que carecem de encaminhamento específico, entre os quais os Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) e Resíduos de Pilhas e Acumuladores (RPA).A reciclagem é positiva e benéfica para as pessoas, as empresas e o Ambiente. Esta missão só é possível se todos nós contribuirmos ativamente, entregando os nossos resíduos nos pontos de recolha adequados e garantindo a sua descontaminação, tratamento e reciclagem."A União de Freguesias de Parreira e Chouto participa na Campanha "EU RECICLO - Junta na Freguesia" e aceita e recolhe Equipamentos Elétricos e Eletrónicos, Pilhas e Acumuladores.Participe e contribua de forma positiva para o ambiente.

Ler mais...
Licença parental do pai é alterada para 28 dias seguidos ou interpolados

Licença parental do pai é alterada para 28 dias seguidos ou interpolados

23-DEZ-2022

Na passada quinta-feira, foi aprovada uma alteração no Código de Trabalho envolvendo a licença parental do  e a duração da mesma, passando dos 20 dias úteis para 28 dias seguidos ou intercalados.Segundo a norma estabelecida no grupo de trabalho, envolvendo alterações laborais previstas na Agenda do Trabalho Digno, “É obrigatório o gozo pelo pai de uma licença parental de 28 dias, seguidos ou interpolados, nos 42 dias seguintes ao nascimento da criança, cinco dos quais gozados de modo consecutivo imediatamente a seguir a este.". Além disso, está previsto que após a licença de 28 dias, o pai tenha ainda direito a sete dias de licença, sejam eles seguidos ou intercalados, com a condição de serem gozados com a licença parental por parte da mãe. No caso da criança se encontrar em internamento hospitalar durante um período após o parto, o pai poderá suspender a licença obrigatória pelo tempo de duração do respetivo internamento. Fonte: "Licença parental do pai passa a ser de 28 dias seguidos ou interpolados", disponível em:https://eco.sapo.pt/2022/12/22/licenca-parental-do-pai-passa-a-ser-de-28-dias-seguidos-ou-interpolados/?fbclid=IwAR2UmogxZT99ZHnov6rpupeLl1MZ6NoX-qwq5i6cUIPpla3SR9fsMwhsw8Q

Ler mais...
Governo anuncia apoio de 240 euros dirigido a famílias vulneráveis

Governo anuncia apoio de 240 euros dirigido a famílias vulneráveis

16-DEZ-2022

No dia 15 de dezembro, foi anunciado por António Costa um novo apoio extraordinário direcionado a famílias carenciadas, no valor de 240 euros, que será pago a partir de 23 de dezembro. O presente apoio visa combater o aumento dos preços de bens alimentares de primeira necessidade, fruto da guerra na Ucrânia e da inflação existente como consequência da mesma. No grupo de famílias vulneráveis estão inclusas todas as famílias beneficiárias de tarifa social de energia e prestações sociais mínimas, somando um milhão e 37 mil famílias  no total. O respetivo valor será pago através da Segurança Social num só pagamento por transferência bancária. Caso não usufrua de conta bancária o mesmo será entregue em vale postal. Segundo a Ministra Ana Mendes Godinho, a escolha de cheque em vez de um vale alimentar deve-se ao facto de que desta forma as várias famílias podem ter a “capacidade de decidir onde aplicam este dinheiro”, sendo que o respetivo valor foi definido perante o “aumento do pacote das famílias associado ao cabaz alimentar em função da evolução da inflação no segundo trimestre”.Fonte: "Governo aprova "cheque" de 240 euros para famílias vulneráveis, pago a partir de dia 23 de dezembro", disponível em: https://eco.sapo.pt/2022/12/15/governo-aprova-cheque-de-240-euros-para-familias-vulneraveis-pago-a-partir-de-dia-23-de-dezembro/

Ler mais...

© 2024 União de Freguesias de Parreira e Chouto. Todos os direitos reservados | Termos e Condições | * Chamada para a rede/móvel fixa nacional

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia